O empresário Braima Canté considerou esta quinta-feira de má-fé a entrada e posteriormente a descarga do seu camião com castanha sem nenhum documento da empresa BC Trading

Braima Cante falava numa conferência de imprensa sobre a apreensão dos seus contentores ontem pela inspecção-geral de comércio.

Para isso, o empresário prometeu accionar uma queixa junto ao ministério publico para apurar a veracidade destes factos, alegando que não vai permitir que seja degrinida a sua imagem.

O empresário afirmou que a sua empresa já tinha toda a documentação necessária faltando somente a liquidação para depois efectuar a descarga no porto.

De recordar que ontem a inspector-geral do comércio Carlos Manuel Biaguê apresentou dois contentores com castanha, apreendidos pelos técnicos desse Serviço.

“Os dois contentores pertencentes a empresa “BC Trading” foram apreendidos no Porto de Bissau com 46 toneladas de castanha de caju pronto para exportação, alegadamente sem nenhum documento para o efeito.

Por isso, disse que as referidas castanhas vão ser confiscadas e justificou o acto com o aviso que o Ministério do Comércio fez aos comerciantes nacionais e estrangeiros no início da presente campanha de comercialização da castanha de que devem possuir documentos legais para efeitos de exportação.

Carlos Biaguê revelou que o governo prevê para este ano a exportação de 200 mil toneladas, por isso prometeu trabalhar para alcançar a quantidade prevista, mas avisa que caso não for possível, pelo menos que seja alcançado a cifra de 175 mil toneladas de exportação, a semelhança do que se fez no ano passado.

 

Por: Nautaran Marcos Có

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più