A ONG Effective Intervention apresentou publicamente, esta quarta-feira, (17 de Abril) os resultados da avaliação final às aprendizagens das crianças envolvidas no projecto de educação designado “ aumentar a aprendizagem no ensino primário” implementado nas regiões de Quinara e Tombali durante quatro anos.

O projecto designado “ aumentar a aprendizagem no ensino primário” é um programa educacional do ensino básico elementar e as crianças abrangidas tiveram acesso a um ano de pré-escolar e ao 1º, 2º e 3º do ensino básico elementar trabalhando diariamente todas as áreas do currículo da Guiné-Bissau.

A margem do trabalho a coordenadora de pesquisa da efective Illa Fazio afirmou que o estudo revela uma situação triste por maioria das crianças entram muito tarde à escola e continuam a frequentar muito menos escola do deveria estar frequentando.

“ Os resultados são, por um lado, muito positivo porque conseguimos mostrar que com o programa, que não é muito complicado, mas é bastante abrangente uma vez que as crianças aumentam a aprendizagem seis vezes mais do que se elas têm o que actualmente têm na tabanca”, diz.

Por outro lado revelou que 20% das crianças que deveriam estar na 3ª classe ainda estavam fora da escola.

“ No primeiro inquérito, constatamos que 40% das crianças que deveriam estar matriculadas, estavam fora da escola e mesmo depois de dois anos da criança já deveria estar matriculada na 3ª classe, ainda havia 20% destas crianças na tabanca de controlo que estavam fora da escola”, concluiu.

De referir que a avaliação periódica da aprendizagem permitiu medir de forma sistemática o progresso das crianças levando a um constante aperfeiçoamento das técnicas de ensino.

Por: Nautaran Marcos Có

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più