SANTA MARINA

 Nascida no século VII na Turquia, Santa Marina ficou órfã de mãe ainda criança e foi educada e catequizada por seu pai. Durante a adolescência, seu pai, Eugênio, lhe confessou o desejo de vender seus bens para tornar-se monge e, mesmo diante das súplicas da filha, não mudou de ideia. Assim, Santa Marina lhe propôs que se vestisse de homem e fosse com ele para o monastério, onde adotou o nome de “Marino”. Durante seus trabalhos e peregrinações como monge, foi acusada de “engravidar” a filha do dono de uma hospedaria, sendo expulsa da vida monástica. Sempre se dizendo fiel aos seus votos, Santa Marina foi viver em um casebre gelado onde criou seu “filho”, que morreu aos quatro anos, e fundou uma escola. Realizou milagres ainda em vida e viveu em penúria longe do monastério, onde retornou para morrer. Apenas com sua morte os monges descobriram seu sexo.

Escreva à RSM

email Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Subscreva notícias

© 2019 Radio Sol Mansi
Cookie Policy | Privacy Policy

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più