A União Económica e Monetária da África Ocidental (UEMOA) doaram hoje (10) ao governo através do Alto Comissariado para Covid-19 lote de matérias para o combate a pandemia provocado por coronavírus.

O donativo composto por máscaras para os profissionais da saúde e à população, um apoio financeira no valor de 500 milhões de francos cfa assim como kits sanitárias.

O apoio é no âmbito, das decisões tomadas pela conferência dos chefes de estado e de governo da união aquando da sua sessão extraordinária realizada por videoconferência a 27 de Abril de 2020.

No acto da recepção de matérias, a Alta Comissária para a Covid19, Magda Nely Robalo Silva diz que o donativo das máscaras chegou numa altura exacta uma vez que está-se a celebrar a semana de uso correcto da máscara.

“Esta oferta de máscaras pela UEMOA e também do financiamento que acompanha as máscaras não podia acontecer numa melhor altura em que estamos a celebrar a semana mundial de uso correcto da máscara e sabemos que na Guiné-Bissau ainda temos a baixa taxa de utilização de máscara”, destaca Alta comissária para a Covid-19.  

Em relação as máscaras para os profissionais da saúde, Alta Comissária realçou a importância desta, na medida que a Guiné-Bissau registou uma alta taxa dos profissionais de saúde infectados.

“A oferta de mascaras cirúrgicas para os profissionais de saúde é muito importante porque a Guiné-Bissau tem uma taxa de infecção de coronavírus dentro dos agentes de saúde que é preocupante por isso, agradecemos imenso por este donativo que nos vai ajudar a melhorar a nossa resposta ao covid-19” sublinhou Magda Nely Robalo Silva.

Por seu turno, o Comissario do Departamento do Mercado Regional e da Cooperação da UEMOA, Joãozinho Mendes diz que o gesto é tipicamente de solidariedade para com todos os estados membros da organização.

“Este gesto que a UEMOA acabou de fazer é um gesto típico de solidariedade para com todos países da UEMOA não é só a Guiné-Bissau mas para todos oito estados da UEMOA”, anotou Joãozinho Mendes.

A comissão da União Económica e Monetária da África Ocidental (UEMOA) acompanha a implementação de planos de repostas nacionais para limitar a propagação da pandemia no espaço comunitário.

Durante a cerimónia da recepção de donativos, a UEMOA entregou ao governo liderado por Nuno Gomes um valor de quinhentos (500) milhões de francos CFA recebido por Secretário de Estado do Orçamento e Assuntos Fiscais José Carlos Varela Casimiro.

Por: Marcelino Iambi

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più