Os missioneiros da vida consagrada reuniram-se, hoje (21), em Bissau, numa conferência para falar do tema abuso sexual incluindo na Igreja católica. A formação juntou as duas dioceses da Guiné-Bissau (Bissau e Bafatá)

O encontro serviu para apresentação das leis sobre a prática incluindo o código do direito canónico, lidas por padre Francelino cunha.

“No caso da Confirmação de indícios ou da credibilidade das evidências da prática do delito a Igreja prevê duras sanções contra o clero que abusa sexualmente do menor e vai até a suspensão do exercício das funções sacerdotais e a demissão do estado clerical”

Irmã Sílvia Mendoza diz que o importante para os consagrados é ter consciência das promessas feitas à Deus.

“Deus nos chamou para o serviço dentro da Igreja, nos chamou para consagrarmos a nossa vida toda à Jesus e o nosso corpo porque se nos consagramos a Deus não iremos sentir a necessidade de pensar em outras coisas vamos encontrar tudo Nele, na oração e nos nossos encontros”.

Na carta dos bispos da conferência episcopal da Guiné-Bissau, Senegal, Cabo Verde e Mauritânia publicaram as diretrizes sobre o tema onde recomendam a colaboração de todos os membros da Igreja na protecção das crianças e adolescentes na Igreja nas denunciações de actos suspeitos e na colaboração com a justiça em relação aos casos.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos / Iasmine Fernandes

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più