ARRANCA EM BISSAU, CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE GOVERNAÇÃO DIGITAL NA GUINÉ-BISSAU

O Embaixador de Cabo-Verde na Guiné-Bissau, afirma que a transformação digital em curso poderá trazer benefícios enormes para a gestão dos recursos públicos, ação governativa bem como para o mundo dos negócios.

O diplomata Cabo-Verdiano falava esta terça-feira em Bissau, em representação dos embaixadores da África do Sul e da Nigéria, durante a abertura da conferência internacional sobre Guiné-Bissau Digital.

Camilo Leitão da Graça, considera que existem certos níveis diferenciados de evolução na matéria de transformação digital que dependem muito dos investimentos nas infraestruturas tecnológicas e energia.

“A rápida revolução tecnológica que assistimos em que temos hoje como a inteligência artificial, são do uso corrente no mundo desenvolvido e, enquanto que nos nossos lados na maior parte do sul global ainda constituem uma minagem mesmo entre a nossa juventude”, considerou o diplomata Leitão da Graça que disse por outro lado que existem certos níveis diferenciados de evolução na matéria de transformação digital.

Para a representante residente do programa das nações unidas para o desenvolvimento PNUD, Alessandra Casazza, a revolução digital tem que acontecer como uma revolução de competência, apontando ainda na melhoria do sistema de educação.

“O investimento na energia é muito importante em um país onde em cada dez (10) pessoas só três têm acesso a energia, portanto, temos que investir não só em energia, mas energia limpa”, afirmou a representante do PNUD, entidade parceira do governo na materialização deste evento.

Já o Primeiro-Ministro Rui Duarte Barros que presidiu a cerimónia de abertura da conferência, disse acreditar que a transformação digital irá colocar a Guiné-Bissau de ferramentas essenciais para alcançar um desenvolvimento sustentável e inclusivo.

“A Guiné-Bissau é uma nação rica em cultura e diversidade, está plenamente consciente deste impacto e reconhece que a adoção da digitalização é um passo crucial para enfrentar os desafios do séc XXI”, reconhece o chefe do governo da iniciativa presidencial.

Neste primeiro dia do encontro que reuniu mais de uma centena de participantes, foram debatidos entre outros temas, visão setorial do governo para o impulso da transformação digital na Guiné-Bissau, desafios, oportunidades e práticas para o desenvolvimento digital, cidadania digital e engajamento cívico.

Por: Ussumane Mané

  • Created on .

Escreva à RSM

email

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Subscreva notícias

© Radio Sol Mansi
Cookie Policy | Privacy Policy

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più